Damares Alves apresenta filha adotiva e nega sequestro

Browse By

Damares Alves apresenta filha adotiva e nega sequestro

A ministra Damares Alves apresenta filha adotiva e nega sequestro. A apresentação foi feita na tarde de ontem (21) durante seminário sobre adoção, realizado na Câmara dos Deputados.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, aproveitou o seminário sobre adoção da Câmara, para apresentar a filha adotiva, a índia Kajutiti Lulu Kamayurá, de 20 anos, a menina que juntamente com a mãe, são envolvidas em uma grande polêmica.

Damares é acusada de ter sequestrado Lulu quando ela tinha apenas 6 anos de idade. Familiares da menina relatam que a ministra da Mulher teria levado a garota de forma irregular da aldeia e em o consentimento da família.

Ela aproveitou o evento sobre adoção, para apresentar a filha e disse que “não sequestrou ninguém”.

“Eu sou mãe adotiva, é uma adoção extraordinária. A imprensa fala que eu a sequestrei, mas eu não sequestrei. Acolhia crianças em situação de risco. Eu nunca sequestrei uma criança, ainda” disse a ministra que foi muito aplaudida durante discurso.

Damares ainda falou que a filha não falava nem sequer uma palavra em português, na época da adoção. Ela relatou que levou a menina para um centro de adoção.

“Lulu tinha marcas no corpo e na alma. Era uma menininha brava. Missionários diziam que uma hora ela ia fugir. Eu sabia que, se ela voltasse para a aldeia, não teria chance. Tive 5 minutos para decidir se levava ela para a aldeia ou para casa. Minha gestação durou 5 minutos, levei para casa” disse.

Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes