Browse By

TRF-4 determina execução de pena do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto

O Tribunal Regional Federal da 4 ª Região (TRF-4), determina execução de pena do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e do seu empresário José Carlos Bumlai.

Após julgamento dos embargos de defesas dos condenados, ontem (16), o tribunal manteve as penas aplicadas à Bumlai e Vaccari. Os dois foram considerados culpados nos processos que apura esquema de corrupção na obtenção de um empréstimo em 2014, no valor de R$ 12 milhões.

O ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) Vaccari, está preso preventivamente desde 15 de abril de 2015, por determinação do então juiz Sérgio Moro, na 12ª fase da Operação Lava Jato, já Bumlai está em liberdade.

O TRF-4 julgou nesta quinta-feira (16) julgou os embargos infringentes de Fernando Antônio Falcão Soares, o Fernando Baiano, Vaccari e Bumlai.

A defesa do então condenado por corrupção passiva, a 6 anos e 8 meses de prisão, João Vaccari Neto, deverá cumprir inicialmente, o regime semi-aberto e não fechado, como apontou a sentença. A defesa do ex-tesoureiro do PT também pedia que seu inquérito fosse enviado à Justiça Eleitoral, a 4ª Seção deu provimento ao primeiro pedido, mas o segundo foi negado.

“Assiste razão a defesa, no que diz com a indicação do erro material, porquanto, ao contrário da alusão constante no voto condutor do acórdão, o regime inicial de cumprimento de pena fixado foi o semiaberto e não o fechado” analisou a desembargadora Claudia Cristina Cristofani.

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes