Browse By

“Excelente” diz Paulo Guedes sobre reunião no Alvorada

O ministro da Economia Paulo Guedes diz que reunião entre os Poderes no Palácio da Alvorada foi “excelente”. A reunião aconteceu na manhã de hoje (28).

Após reunião na manhã deste terça-feira (28) entre os presidentes dos Três Poderes e lideranças, Guedes afirmou que não há crise. “Foi um café da manhã excelente. Não há nenhum antagonismo entre os Poderes” disse.

Estavam presentes na reunião, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM/RJ), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM/AP).

O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou ainda que na sua opinião, as manifestações do último domingo (26), confirmam a ideia de que a população defende as mudanças como a reforma da Previdência.

“Estamos confiantes de que o Congresso vai aprovar a reforma” disse Guedes.

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes