Browse By

“Eu não vejo conflitos entre poderes”, diz Barroso

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou, durante entrevista à Globo News, na noite desta quarta-feira (29), que não existe risco de crise Institucional no Brasil entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Ao ser questionado sobre as dificuldades do governo Bolsonaro em aprovar medidas do Congresso, Barroso diz que as Instituições resolveram todas as crises.

Nenhum risco [de crise Institucional]. Não vejo. Nós temos turbulências políticas. Acho que as Instituições foram capazes de resolver todas as crises. Acho que estamos vivendo um momento Institucionalmente complexo. Não vejo conflito entre poderes“, disse.

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes