Browse By

Eduardo Cunha é transferido para o RJ após 2 anos e meio preso no PR

O ex-deputado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, deixou o Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, nesta sexta-feira (31), para ser transferido para um presídio do Rio de Janeiro (RJ), onde continuará cumprindo a pena de 14 anos e 6 seis meses de prisão ao qual foi condenado pela Lava Jato.

Cunha deixou o presídio na manhã de hoje (31) por volta das 8h da manhã.

Ele estava preso no Paraná mais de dois anos e 7 meses, desde outubro de 2016.

Em março de 2017, havia sido condenado na primeira instância a 15 anos e 4 meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de dívidas.

A Transferência

Após um pedido da defesa de Eduardo Cunha, no início de Abril, a juíza Luciane Maronezi, da 2ºVara de execuções penais de Curitiba, pediu que as autoridades do Rio de Janeiro foram consultadas para saber se haviam vagas para receber Cunha.

Em 23 de maio, A Justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido e, na última quarta-feira (29), a Justiça Estadual do Paraná autorizou a transferência.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE – PERIQUITO ESPORTE E NOTÍCIAS

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes