Browse By

Creia oferece curso básico de Libras em Timóteo

Creia oferece curso básico de Libras em Timóteo que se iniciará em 15 de Abril de 2019.

A Secretaria de Educação e Cultura de Timóteo vai oferecer a toda a comunidade um curso básico de Libras, por meio do Centro de Referências em Educação Inclusiva Ativa Padre Jean Marie Lemaire (CREIA).

O curso de Libras tem como objetivo oferecer conhecimentos básicos sobre o tema, melhorar a qualidade de vida além de facilitar a integração e o convívio com os deficientes auditivos da comunidade.

As inscrições estão abertas a partir de hoje, quarta-feira (03), e deverão ser feitas pelo telefone do CREIA, 3847-4336 ou pelo telefone 987421196 (Deivia), de 8h às 11h30 e de 13h às 18h.

O curso será realizado ás terças e quintas pela manhã, de 8h30 ás 10h30, a noite de 18h30 às 20h30.

Creia oferece curso básico de Libras em Timóteo
Creia oferece curso básico de Libras em Timóteo

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes