Browse By

Alerj vota nesta terça-feira projeto de Lei para revogar tombamento da casa de shows

A Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vota, nesta terça-feira (04), um projeto de lei para revogar o tombamento da Casa de Shows Canecão, em Bota Fogo, na zona sul do Rio.

Se aprovada, a proposta abre caminho para a concessão do local à iniciativa privada – a pedido da própria Universidade Federal do Rio de Janeiro (URFJ), que hoje administra o espaço.

A votação será em regime de urgência e caso não haja emenda proposta pelos parlamentares, poderá ser votada nesta teça-feira (04).

O canecão foi fechado em 2010, após um briga judicial. Os parlamentares argumentam que, desde então, o palco de espetáculos vem se deteriorando.

A gestão do espaço é da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Neymar é acusado de estupro e será investigado após expor fotos íntimas de mulher

Alerj vota nesta terça-feira projeto de Lei para revogar tombamento da casa de shows
Alerj vota nesta terça-feira projeto de Lei para revogar tombamento da casa de shows

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes