Ministro da Gustavo Canuto mita ao falar sobre construção de moradias populares

Browse By

Ministro da Gustavo Canuto mita ao falar sobre construção de moradias populares

Ministro da Gustavo Canuto mita ao falar sobre construção de moradias populares
Ministro da Gustavo Canuto mita ao falar sobre construção de moradias populares

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou nesta terça-feira (04), durante uma reunião da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, que o governo pretende dividir o projeto Minha Casa Minha Vida em dois programas de habitação social.

De acordo com o Ministro, “Entendemos que definir um salário mínimo para acessar o programa nem sempre é justo. O poder de compra de um salário na região metropolitana de São Paulo não é o mesmo do poder de compra no agreste pernambucano. Foi criado um fator de localização, Então, dependendo da região, esse teto vai ser maior ou menor do que um salário mínimo”.

Assista: Ministro da Gustavo Canuto mita ao falar sobre construção de moradias populares

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes