Pai de Neymar: "Eu prefiro um crime de internet a de estupro "

Browse By

Pai de Neymar: “Eu prefiro um crime de internet a de estupro”

Na manhã desta segunda-feira (03), o pai do Jogador brasileiro, Neymar Júnior – acusado de ter estuprado uma jovem de 26 anos, na França -defendeu o vídeo publicado pelo filho nas redes sociais.

Neymar publicou o vídeo, em seu Instagram, expondo as conversas e fotos da mulher na intenção de se defender.

O pai dele destacou que prefere que o filho responda por um crime virtual do que por um estupro.

“Não tínhamos escolha. Eu prefiro um crime de internet a de estupro. Foi o Instagram que tirou. Pelas regras do Instagram estava normal. Ele preservou a imagem, o nome. Ele precisava se defender rapidamente. É melhor ser verdadeiro e mostrar o que aconteceu. Sabíamos da chantagem, mas não da coragem de fazer um B.O. em cima de uma situação dessas”, declarou o pai de Neymar.

O pai de Neymar ressaltou que toda a equipe do jogador está tranquila e que já está tomando precauções antes mesmo de o caso se explodir.

“Estamos tranquilos em relação a tudo. Estamos prevenidos às coisas que iriam acontecer. Era uma escolha tornar público a situação porque sabemos o tamanho do Neymar e tudo o que diz respeito a ele fica grande, fica uma especulação fora do comum. Quando a gente percebeu que chegaria a público através de uma extorsão, procuramos nossos advogados, recebemos essas pessoas para saber o que elas queriam. Quando fomos informados vimos que era dinheiro e negamos. Fui procurado por um advogado que se dizia representante dessa moça”, acrescentou.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Pai de Neymar: "Eu prefiro um crime de internet a de estupro "
Pai de Neymar: “Eu prefiro um crime de internet a de estupro “

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes