Governo sanciona lei que amplia as medidas protetivas na Maria da Penha

Browse By

Governo sanciona lei que amplia as medidas protetivas na Maria da Penha

Governo sanciona lei que amplia as medidas protetivas na Maria da Penha. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) no fim da tarde de ontem (13) sancionou a lei que permite que autoridades policiais possam determinar a aplicação de medidas protetivas para mulheres que sofrem violência doméstica.

Essa lei amplia as medidas protetivas da Lei Maria da Penha. O projeto de lei é de relatoria da senadora Leila Barros (PSB/DF). Que na tarde desta segunda-feira (13) transformou o projeto em lei.

O texto da nova lei, prevê que , autoridades policiais possam determinar medidas protetivas à mulheres vítimas de violência doméstica em cidades onde não haja um juiz. Assim, o delegado, ou até mesmo os agentes policiais poderão determinar a lei, e determinar assim, que o agressor mantenha distância da vítima, até analise de um magistrado.

Os agentes policiais, deverão informar sobre a ocorrência a um juiz em até 24 horas do ocorrido. A atual lei, prevê que os agentes tenham até 48 horas para cumprir essa ação.

“Sabemos que nos rincões desse país existem muitos municípios que não tem comarca e muitas mulheres são vítimas de violência e não têm medida protetiva naquelas primeiras 24 horas. Sabemos que (as primeiras 24 horas) são a diferença entre a vida e a morte de muitas delas” disse a relatora do projeto de lei, Leila Barros.

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes