Paisagens de MG viram cenários de conto de fadas em ensaio fotográfico

Browse By

Paisagens de MG viram cenários de conto de fadas em ensaio fotográfico

Paisagens de MG viram cenários de conto de fadas em ensaio fotográfico.

Matas, ruínas, cachoeiras e monumentos turísticos são alguns dos pontos que atraem olhares para a cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas.

Quem nunca quando criança se imaginou sendo um príncipe/princesa dos contos de fadas? Ou quem nunca teve desejo de ter, ou até mesmo teve, uma festa de aniversário com a orlamentação inspirada em seu personagem preferido dos contos?

Na capital Paulista, Simone, trabalha em seu estúdio onde fotografa gestantes e faz ensaios New Born, com os recém nascidos.

É nos momentos de folga que ela usa a fotografia para realizar o sonho de infância: viver em uma história encantada.

“Quando criança, eu sempre me imaginei como princesa, acho que até hoje. Eu fiz um ensaio e eu mesma coloquei asinhas de fada, me fantasiei e o meu maquiador fez a maquiagem e me fotografou. É uma delícia”, conta Simone.

Entre os cenários usados pela fotógrafa em Poços de Caldas estão o ponto turístico do Véu das Noivas, a Cascata das Antas e um haras da cidade.

Paisagens de MG viram cenários de conto de fadas em ensaio fotográfico
Paisagens de MG viram cenários de conto de fadas em ensaio fotográfico

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes