Funcionário da Associação dos Cegos é liberado após ser detido por passar a mão em adolescente

Browse By

Funcionário da Associação dos Cegos é liberado após ser detido por passar a mão em adolescente em MG

Funcionário da Associação dos Cegos é liberado após ser detido por passar a mão em adolescente em MG, Juiz de Fora.

Detido por passar as mãos nas pernas e no órgão íntimo de um adolescente de 14 anos, o cidadão de 49 anos foi liberado após assinar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

O caso ocorreu em Juiz de Fora/Mg, o paciente estava com uma acompanhante aguardando na sala de espera para uma consulta para exames de campo visual.

A representante legal deixou o adolescente para ir até a farmácia, no mesmo prédio.

Em seguida, o funcionário chamou o adolescente para a sala de consulta, sem a representante legal.

O suspeitos realizou os exames e ao finalizar passou as mãos nas pernas e na genitália do adolescente, que pediu que ele parasse e se retirou da sala.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o caso foi concluído como importunação ofensiva ao pudor.

Funcionário da Associação dos Cegos é liberado após ser detido por passar a mão em adolescente
Funcionário da Associação dos Cegos é liberado após ser detido por passar a mão em adolescente

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *