Industria mineira vê positivamente proposta de 'Nova Previdência'

Browse By

Industria mineira vê positivamente proposta de ‘Nova Previdência’

Industria mineira vê positivamente proposta de Nova Previdência e comemora.

A industria mineira comemora o encaminhamento da “Nova Previdência”, tendo em vista que o desequilíbrio fiscal da União e dos Estados é uma grande ameaça a estabilidade da economia brasileira.

De acordo com a avaliação Federal, o potencial de economia para o setor público é da ordem de R$1,16 trilhão em dez anos, contribuindo assim para retroceder o processo de aumento acelerado da dívida pública.

O presidente da FIEMG, Flávio Roscoé, aponta que a Reforma da Previdência é essencial para garantir retomada do equilíbrio fiscal.

“A previdência é hoje a prioridade do nosso país, nós temos de reforma-la, uma vez que, em breve, não estaríamos em condições de arcar com muitas aposentadorias de brasileiros que trabalharam e contribuíram pra esse sistema”, disse Roscoé.

De acordo com o presidente da FIEMG, caso a Reforma da Previdência não seja aprovada, a nação poderá sofrer com um quadro grave de inadimplência do Governo Federal.

Além disso, terá tendência de aumento de tributos para os trabalhadores e a população.

Industria mineira vê positivamente proposta de 'Nova Previdência'
Industria mineira vê positivamente proposta de ‘Nova Previdência’

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
Instituto Cenibra aposta em parcerias para promover o desenvolvimento social e econômico no leste de Minas
Com apoio da CENIBRA Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino chega a Periquito
Bombeiros percebem movimentação de rejeito em Barragem de Brumadinho
ANM coloca em consulta pública proposta de acabar com barragens como a de Brumadinho
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Juiz afirma que funcionários da Vale poderiam ter evitado maior parte das mortes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *