Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza

Browse By

Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza

Procurador Geral de Justiça diz que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza, a declaração foi dada nesta quinta-feira (14) durante audiência pública na Câmara dos Deputados.

O Procurador-Geral de justiça do Ministério Público (MP) de Minas Gerais (MG), Antônio Sérgio Tonet disse que já foram bloqueados R$ 11,6 bilhões da empresa para a reparação dos danos ao ambiente.

Na audiência, ao qual falavam sobre o rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho, o procurador afirmou que a Vale é a responsável integral pela reparação.

De acordo com o procurador, o MP deixou bem claro que dessa vez não aceitará que intermediários respondam pela indenização, como aconteceu com a fundação renova quando rompeu a barragem da Samarco em Mariana.

Ainda de acordo com integrantes do MP, as causas do rompimento da barragem em Brumadinho estão sendo investigadas.

Segundo eles, há prova documental para indicar que esse rompimento não se deu por obra da natureza.

“Ha indicativos bastante claros de que já havia preocupação muito grande dentro da própria empresa em relação a segurança daquela barragem”, afirmou o procurador-geral.

Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza
Procurador Geral de Justiça afirma que tragédia de Brumadinho não foi obra da natureza

Clique Aqui e Veja o Que eu Descobri na Sessão de Ontem Acerca da Participação Popular na criação de leis do município de Periquito.

Como funciona os debates acerca dos Projetos de Lei a serem aprovados em Periquito
CENIBRA Alerta Empresas Sobre Comercialização de Madeira de Invasões
Periquito sem carnaval de rua a herança maldita de Fernando Pimentel
Jori, de namorada nova, marca presença no cartoleiro solidário
Cartoleiro solidário reúne celebridades do esporte municipal em Periquito